DEIXE SUAS DÚVIDAS E RECADOS

Ficam proibidas postagens com Material pornográfico, grosseiro, racista ou ofensivo; informação sobre atividades ilegais e incitação ao crime; material pornográfico ou atividades ilegais incluindo menores de 18 anos (segundo o artigo 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente); material calunioso; afirmações injuriosas ou difamatórias; programas e arquivos que contenham vírus ou qualquer outro código que ponha em risco arquivos programas ou componentes de computador de qualquer usuário; informação relativa à pirataria de software, como seriais, cracks, etc.

23/07/14

CONCURSO PARA AGENTES DE SAÚDE DE NATAL-RN

O SINDAS ESTÁ AGILIZANDO PARCERIAS COM CURSINHOS, PARA AJUDAR OS TEMPORÁRIOS A SE PREPARAREM PARA O CONCURSO.

Avisamos a todos os filiados do SINDAS que fazem parte do grupo de agentes temporários, que o SINDAS/RN está agilizando um convênio com pelo menos dois cursinhos preparatórios, para os agentes da antiga ITCI filiados ao SINDAS.
Nos comprometemos com todos, que iriamos fazer de tudo para que a prova objetiva fosse composta, na sua maioria de questões específicas da área de atuação dos agentes.
De fato conseguimos, pois 50% da prova será composta de questões especificas da área de atuação odos agentes. Nos comprometemos também, em fazer convênio com cursinhos, para assegurar um desconto para os agentes se prepararem.
Desde o dia que o edital foi publicado, corremos atrás e muito antes dos cursinhos saberem do concurso o SINDAS começou contatá-los, o que despertou o interesse de muitos cursinhos.
Estamos com 3 cursinhos em vista: O IAP CURSOS, o QUI e o Alfa. Até sexta feira o QI nos passará o valor do desconto para os nossos associados, o Alfa amanhã e o IAP onde nos reunimos diretamente com proprietário, já lançou seus preços para o público em geral, mas só amanhã nos passará qual será o preço  para os filiados que encaminharmos.
Pretendemos fechar uma parceria com mais de um cursinho, por que pelos preços de mercado cada agente optará pelo que couber no bolso. Mas alertamos, nesse tipo de situação a qualidade do cursinho conta muito, mesmo que custe um pouco mais caro, afinal será um investimento para um importante projeto de vida(o ingresso no serviçoi público).
Quando fecharmos as parcerias publicaremos os valores do pacote. Os agentes filiados ao SINDAS deverão nos procurar  para pegar um documento, o qual será apresentado no ato da inscrição, o que dará direito ao desconto.

ATENÇÃO: Se por ventura existir algum temporário que não é filiado ao SINDAS, não poderá usufruir do benefício do desconto, pois o documento a ser emitido pelo SINDAS deverá conter todos os dados do filiado, em papel timbrado e assinado e carimbado pelo presidente da entidade.

VEJA ABAIXO O PREÇO DO CURSINHO DO IAP, DIVULGADO AO PÚBLICO EM GERAL, SEM O DESCONTO QUE IREMOS CONSEGUIR.

MAIS UMA VITÓRIA DO SINDAS EM PARNAMIRIM-RN

Piso salarial dos agentes de Parnamirim será pago a partir de agosto, depois que a categoria tirou  o indicativo de greve e exigiu seus direitos.
Inicialmente cobrávamos o pagamento da portaria 314/2014 como salário base, mas para facilitar a vida dos agentes coincidiu com a publicação do piso nacional, objeto da Lei 12.994/2014.
Foi graças a articulação do SINDAS com o Presidente da Câmara Federal que o piso foi pautado para dia 07 de maio de 2014. Depois do exemplo que a Câmara deu aprovando o piso por unanimidade, o Senado não poderia fazer diferente, e portanto, aprovou também por unanimidade.

22/07/14

SINDAS PODERÁ PUXAR INDICATIVO DE GREVE EM CAICÓ, SE PISO DOS AGENTES COMUNITÁRIOS E DE ENDEMIAS NÃO FOR PAGO NOS VENCIMENTOS DE AGOSTO DE 2014.

A Lei Federal nº 12.994/2014, que estabeleceu o piso salarial de R$ 1.014,00 para os agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias, entrou em vigor dia 18 de junho de 2014, quando foi publicada no Diário Oficial da União.
Com os fundamentos na legislação do piso nacional dos agentes, protocolamos na Prefeitura de Caicó o ofício nº 129 datado de 22 de junho de 2014, pleiteando a implantação do piso da categoria a partir de 18/06/2014, bem como, que a matriz salarial dos agentes no plano de carreiras fosse corrigida.
Oficialmente a Prefeitura não emitiu nenhuma resposta, mas em diálogos com Prefeito Roberto Germano, foi informado que o pedido do SINDAS estava sendo analisado com cautela, por que o fato dos agentes que estavam desviados de função não estarem cadastrados no CNES, causará um impacto financeiro com piso salarial que será adimplido a mais de 40 ACS com recursos próprios.
O Prefeito nos informou ainda, que a recomendação Ministerial é para que todos os agentes em desvio de função retornem as suas atividades de ACS, com isso, o piso deverá se estender a todos, mesmo sem repasse do MS.
Soubemos extraoficialmente, que depois que o SINDAS enviou a solicitação de cumprimento do piso aos Municípios, muitos prefeitos se reuniram e pactuaram implantar o piso dos agentes a partir de agosto de 2014. Como a implantação do piso dos agentes a partir de agosto ainda não foi oficializado pelo Município de Caicó, não podemos ter falsas expectativas e relaxar. Pelo contrário, devemos estar mobilizados, unidos e organizados, para quem sabe, deflagrar uma greve se for necessário.
Além do piso nacional, outro ponto que não abriremos mão, é do pagamento de uma gratificação com recursos do Programa de Melhoria do Acesso a Qualidade da Atenção Básica – PMAQ-AB, pois desde o ano passado pleiteamos que fosse enviada à Câmara, a proposta de criação de uma lei, regulamentando o pagamento de um incentivo financeiro para todos os profissionais da equipe ESF comtempladas com o PMAQ. Sobre esse ponto de pauta, o SINDAS protocolou um projeto de lei, o qual até a presente data não foi submetido ao crivo do Legislativo Municipal de Caicó.
Da data que o SINDAS propôs o projeto de lei até hoje, a Prefeitura recebeu de PMAQ as seguintes quantias: R$ 10.200,00 em de janeiro de 2014, R$ 20.400,00 no mês de fevereiro de 2014, R$ 33.200,00 em abril de 2014, R$ 10.200,00 em maio e R$ 60.700,00 em junho de 2014.
Justificamos para o Prefeito que a criação de um incentivo a ser pago com recursos do PMAQ, garantirá a manutenção dos repasses, vez que, o atingimento dos indicadores preconizados pelo Ministério da Saúde é a garantia da manutenção do Programa. Uma vez não contemplados com uma fatia desses recursos, os servidores não se empenharão para atingir as metas do Programa e, consequentemente, poderá haver a perda total ou parcial de mais esse benefício financeiro repassado pelo Ministério da Saúde.
Na próxima semana nos faremos presentes em Caicó, para buscar respostas do Prefeito. Caso não seja oficializada a data a partir da qual será implantado o piso dos agentes, publicaremos um edital convocando os ACE e ACS, para aprovar um indicativo de greve em assembleia da categoria.
Sabemos que a Prefeitura precisa fazer algumas adequações na legislação e até mesmo financeira, mas não podemos permanecer aguardando uma resposta da Municipalidade, por um prazo desarrazoado, por que quando não se tem respostas, a categoria tem o direito de se mobilizar de forma organizada e, inclusive, entrar em greve, o que esperamos que não seja necessário, mas diálogo também tem limites.                   
FONTE: BLOG DO SINDAS/RN

21/07/14

Diretor financeiro do SINDAS RN recebe carteira de formação em contabilidade.

CRC/RN: Novos profissionais recebem carteira nesta quarta-feira na capital do Estado

O Conselho Regional de Contabilidade do RN realiza na tarde desta quarta-feira (23) a quinta solenidade de entrega de carteiras profissionais neste ano de 2014.
A partir das 15h, no auditório da sede do Conselho, 46 novos profissionais vão estar aptos a exercer a contabilidade, diz informação postada na página eletrônica da entidade.
A solenidade é aberta ao público e contará com a presença do presidente do CRC/RN, João Gregório Júnior, e da vice-presidente de Registro da Instituição, Maria Laíde de Souza Araújo.
A lista dos novos profissionais é a seguinte:
1.  Ângela Maria Gomes de Macedo
2.  Alice Maria de Souza Sabino
3.  Alexandre Marques de Souza 
4.  Bárbara Guida da Silva
5.  Camila Fonseca de Almeida
6.  Christiane Isbelo de Araújo
7.  Daniel Avelino Batista
8.  Daniele Nascimento Batista
9.  David Carlos Pereira dos Santos
10.  Edilene Serafim do Nascimento
11.  Gustavo da Silva Vieira
12.  Gustavo Bezerra da Costa
13.  Helder Bruno de Souza Silva
14.  Ítalo Rafael de Oliveira Rocha
15.  João Maria Felipe de Paiva
16.  Jéssica Morgan Seixas Serra de Castro
17.  José Lázaro da Costa
18.  Juliana Karla Vasconcelos da Silva
19.  Juliana Andrade de Castro Oliveira
20.  João Felipe Bezerra de Siqueira
21.  Jennifer Fernanda Francisca Pacheco
22.  Lorena Katarina Gomes da Silva Dantas
23.  Laudemar Bezerra dos Santos
24.  Laize Gabriella Souza de Araújo Alves
25.  Ligia Maria de Oliveira Vieira
26.  Márcio Alberto de Lima Martins
27.  Manoel Cícero Coutinho Júnior
28.  Max Altemburgue Nascimento
29.  Miqueas Silva dos Santos
30.  Mirlano Carlos Firmino
31.  Moacir Barros Barreto
32.  Oscar Medeiros Amorim
33.  Paulo de Tarso Maia
34.  Priscilla Alves Jereissati
35.  Pedro de Sena Neto
36.  Paulo Pereira do Nascimento
37.  Paulo Ricardo de Araújo Souto
38.  Rosana Cristina da Silva
39.  Renato Armando de Queiroz Silva
40.  Rogéria da Costa Silva
41.  Renata Faustino Viana de Oliveira
42.  Sabrina Helena dos Passos Rodrigues
43.  Suzana Silvia Freire de Sousa
44.  Simone Rufino de Melo
45.  Talita Calisto da Fonseca Bezerra
46.  Whelborny Daijiro Inoue 

postado por Canindé quirino

PUBLICADO EDITAL DO CONCURSO DE AGENTES COMUNITÁRIO E DE ENDEMIAS DE NATAL-RN

Agora é oficial, concurso para agentes de saúde de Natal. Cada minuto vale ouro e todos devem se preparar, pois vai ser bastante concorrido.

2.1. CARGOS DE NÍVEL FUNDAMENTAL
REMUNERAÇÃO: R$ 1.027,21 corresponde ao Vencimento Básico, podendo ser acrescido de vantagens, benefícios e adicionais previstos na legislação. CARGA HORÁRIA: 40 Horas Semanais, divididas em dois turnos diários de 4 horas.
TAXA DE INSCRIÇÃO: R$ 50,00 (cinquenta reais)

2.1.2. CARGO: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE- Código 101 Nº DE VAGAS: 331

REQUISITOS: Ensino Fundamental Completo.
DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: Utilizar instrumentos para diagnóstico demográfico e sociocultural da comunidade de sua atuação; executar atividades de educação para a saúde individual e coletiva; o registrar, para controle das ações de saúde, nascimentos, óbitos, doenças e outros agravos à saúde; estimular à participação da comunidade nas políticas públicas como 
estratégia da conquista de qualidade de vida; realizar visitas domiciliares periódicas para monitoramento de situações de risco à família; participar de ações que fortaleçam os elos entre o setor saúde e outras políticas públicas que promovam a qualidade de vida.

2.1.1. CARGO: AGENTE DE COMBATE ÀS ENDEMIAS - Código 102 Nº DE VAGAS: 265

REQUISITOS: Ensino Fundamental Completo.
DESCRIÇÃO SUMÁRIA DE ATIVIDADES: atualizar o cadastro de imóveis, por intermédio do reconhecimento geográfico, e o cadastro de Pontos Estratégicos (PE); realizar a pesquisa larvária em imóveis, para levantamento de índices e descobrimento de focos, bem como em armadilhas e em PE, conforme orientação técnica; identificar criadouros contendo formas imaturas do mosquito; orientar moradores e responsáveis para a eliminação e/ou proteção de possíveis criadouros; executar a aplicação focal e residual, quando indicado, como medida complementar ao controle mecânico, aplicando os larvicidas indicados, conforme orientação técnica; registrar nos formulários específicos, de forma correta e completa, as informações referentes às atividades executadas; vistoriar e tratar os imóveis cadastrados e informados pelo ACS que necessitem do uso de larvicidas, bem como vistoriar depósitos de difícil acesso informado pelo ACS; encaminhar os casos suspeitos de dengue a unidade de Atenção Primaria em Saúde, de acordo com as orientações da Secretaria Municipal de Saúde; atuar junto aos domicílios, informando os seus moradores sobre a doença, seus 
sintomas e riscos, o agente transmissor e medidas de prevenção; promover reuniões com a comunidade com o objetivo de mobilizá-la para as ações de prevenção e controle da dengue, sempre que possível em conjunto com a equipe de APS da sua área; reunir-se 
sistematicamente com a equipe de Atenção Primaria em Saúde, para trocar informações sobre febris suspeitos de dengue, a evolução dos índices de infestação por Aedes aegypti da área de abrangência, os índices de pendências e as medidas que estão sendo, ou deverão ser, adotadas para melhorar a situação; comunicar ao supervisor os obstáculos para a execução de sua rotina de trabalho, durante as visitas domiciliares; registrar, sistematicamente, as ações realizadas nos formulários apropriados, conforme já referido, com o objetivo de alimentar o sistema de informações vetoriais.

8. DAS PROVAS OBJETIVAS
8.1. Os candidatos aos cargos de Agente Comunitário de Saúde e de Agente de Combate às Endemias (códigos 101 e 102) farão provas, de caráter eliminatório e classificatório, de acordo com o quadro do subitem 8.1.1.
8.1.1 Quadro de Provas
veja o edital completo clicando AQUI

20/07/14

ESCLARECIMENTOS SOBRE TERMO DE COMPROMISSO DE PAGAR OS DIAS DE GREVE



Caros companheiros e companheiras ACE e ACS de Natal, que participaram da última greve, vimos fazer alguns esclarecimentos a respeito das calúnias disseminadas nas unidades de saúde de Natal, dando conta de que SINDAS, SINSENAT e Sindicato dos Odontólogos fecharam um acordo com a SMS, para os servidores pagarem os dias de greve aos sábados.
Não existe nenhum acordo nesse sentido. Na última Mesa de Negociação Permanente do SUS - da qual o SINDSAÚDE não participou porque não quis -, foi anunciado pela gestão, que as faltas já descontadas não seriam devolvidas, salvo se os servidores se comprometessem a pagar os dias de greve.
Foi informado ainda, que para poder receber os dias descontados, os servidores teriam que assinar um termo de compromisso. Aberta a discussão na mesa, o SINDAS e SINSENAT concordaram que os grevistas que não permaneceram em greve depois dia 26/06, fossem isentados de pagar os dias.
Para que os servidores que ficaram em greve depois do dia 26/05 não fossem prejudicados, os sindicatos concordaram com a proposta do Sindicato dos Odontólogos, de primeiro devolver dos dias descontados e depois discutir uma compensação dos dias, já que todos seriam prejudicados se a devolução não ocorresse.
Foi anunciada oficialmente, a determinação do Prefeito de Natal de cortar o ponto dos servidores que continuaram em greve a partir do dia 23 de maio. Depois do anúncio e por causa dos avanços nas negociações da data base, o SINSENAT e o SINDAS acabaram a greve dia 23/06/2014.
O SINDAS realizou apenas uma assembleia dia 26/05/14, mas voltou todos ao trabalho, ausentando-se do campo apenas, para participar das vigílias da votação na Câmara.
No nosso caso só foi aceita a justificativa de que não estávamos mais em greve depois do dia 23/05, por que falamos diretamente com Chefe de Gabinete e explicamos os nossos motivos. Só assim ele garantiu o abono integral das faltas. 
Os sindicatos que acabaram a greve até o dia 26 de maio, tiveram a garantia que não seriam descontados os dias de greve, mas por causa da continuidade da greve do SINDSAÚDE, no fechamento da folha não distinguiram quem estava em greve, de que participou apenas das vigílias na Câmara, e colocaram algumas faltas nos agentes e demais servidores.
Mesmo sem a presença do SINDSAÚDE, na mesa SUS foi discutido que era justo devolver os dias descontados, inclusive, para os que permaneceram em greve depois do dia 26/05/14, mas a SMS não abril mão. Sabendo que a única saída, pra que os servidores não ficassem sem salário, seria a compensação dos dias, SINDSAÚDE não participou da reunião, mesmo tendo sido avidado com antecedência. Tudo foi proposital, por que eles já se sabiam que a Prefeitura não iria devolver os dias da greve.
Como foi anunciado pela Prefeitura que os descontos de quem permaneceu em greve depois do dia 23/05/2014, só seriam devolvidos com a condição de discutir a compensação dos dias parados, os sindicatos presentes na reunião concordaram com a devolução, mediante posterior discussão de compensação dos dias, se não, nem a devolução seria feita e os servidores ficariam sem salários.
Depois de fugir da mesa SUS, o SINDSAÚDE passou a jogar os servidores contra a gestão e contra a mesa SUS, e tenta jogar a responsabilidade da continuidade de uma greve irresponsável, encima dos sindicatos que não tem culpa alguma. Pelo contrário, se não fosse à proposta do Sindicato dos Odontólogos, apoiada pelos demais sindicatos, nem seria feita a devolução e nem haveria a possibilidade de discussão de compensação dos dias. Onde estava eles nesse momento crucial?
ATENÇÃO AGENTES DE SAÚDE: Não temos nenhuma responsabilidade pelos prejuízos de quem permaneceu em greve depois do dia 23/05/2014. Orientamos a todos que participaram da greve do SINDAS que não assinem nenhum termo de compromisso para pagar dias de greve, por que voltamos ao trabalho dia 26/05/2014. Mesmo que a direção do posto afirme que é pra assinar não assinem.
O termo de compromisso é para quem permaneceu em greve depois do dia 26/05/2014, o que não é o caso do SINDAS.
Quem teve falta por estar em greve depois da data acima, que procure seu sindicato para saber como irá receber os dias descontados se não assinar o termo de compromisso de compensar os dias de greve.
Nós do SINDAS depois das calúnias lentadas não assinaremos nenhum documento da SMS, mesmo que seja pra ajudar quem permaneceu em greve.

 Não temos responsabilidade pela greve dos outros e já que acusaram injustamente o SINDAS, SINSENAT e o SOERN de prejudicar os servidores, quando na verdade ajudamos a garantir a devolução do que foi descontado, agora que procurem resolver com a secretaria. Cada um que assuma sua responsabilidade e não fuja das reuniões propositadamente, para jogar a culpa nos outros. 
FONTE:  BLOG DO SINDAS/RN

19/07/14

REUNIÕES EM LAGOA SALGADA E BAIA FORMOSA

LAGOA SALGADA

Na manhã de ontem as 9:00h nos reunimos com os ACE e ACS de Lagoa Salgada para discutir os encaminhamentos de alguns pedidos que faremos a atual gestão, bem como, discutimos a possibilidade de decretar greve em caso de não atendimento da pauta.
Entre os pontos de reivindicações estão: fardamento e EPI, fornecimento de material de trabalho e pagamento do piso nacional.
BAIA FORMOSA
No final da manhã fomos ao município de Baia Formosa para se reunir com os agentes e logo em seguida seguimos para Prefeitura. Apesar do Prefeito se encontrar na sede da Prefeitura, marcou uma reunião para as 14:30h. Ele pensava que iriamos desistir, mas só saímos da Prefeitura depois com que fomos atendidos pelo Prefeito.
Há cerca de 3 meses comparecemos no município e propomos uma minuta de projeto de lei para mudar o regime dos agentes de CLT para estatutário, mas o Prefeito ficou de avaliar o PL e mandar pra câmara e não cumpriu com a palavra. Além do tema da mudança de regime, à época discutimos o pagamento da portaria como salário base e o Prefeito se comprometeu em pagar o piso só quando fosse regulamentado.
Agora cobramos do Prefeito o porquê não foi enviado para câmara a mudança de regime e porquê ele ainda não pagou o piso salarial dos agentes.
O Prefeito evasivo e sem compromisso com os agentes, deu como desculpa que não enviou a mudança de regime para câmara por que estava aguardando o piso ser regulamentado para fazer tudo junto. Questionado por nós, que desde fevereiro ele poderia estar economizando com FGTS se tivesse mudado o regime dos agentes, ele disse que pagar um pouco mais por alguns meses não era problema.
Sobre o piso dos agentes ele disse que recebeu a solicitação do SINDAS, mas aguarda uma análise da assessoria jurídica, em especial sobre uma suposta regulamentação do pios por decreto.
Dissemos ao Prefeito que o piso da categoria não carece de regulamentação, por que já virou lei e que o que depende de regulamento da união é uma gratificação criada pela Lei 12.994/2014. Alertamos o Prefeito que o pagamento do piso deve ser feito o mais rápido possível e que o pagamento dos R$ 1.014,00 não exclui as demais vantagens, que devem permanecer no contracheque dos agentes.
A categoria decidiu que irá reiterar o pedido e dar um prazo, caso não seja atendida discutirá a possibilidade de deflagrar greve por tempo indeterminado.
A preocupação do SINDAS na ultima reunião, foi que o posicionamento do Prefeito de Baia Formosa poderá contaminar os demais Prefeitos do RN, por que ele é atualmente Presidente da Federação dos Municípios do RN, que defende os interesses dos gestores.

16/07/14

AGENTES DE PARAZINHO APROVAM INDICATIVO DE GREVE E DÃO PRAZO AO GESTOR

Na manhã desta quarta-feira, os agentes de saúde de Parazinho aprovaram indicativo de greve para o dia 24 de julho de 2014. Entre os pontos que compõem a pauta estão o cumprimento do piso nacional, o pagamento do PMAQ, fornecimento de bloqueadores solar e labial e pagamento do retroativo do reajuste conseguido pelo SINDAS em março desse ano.

     Amanhã o prefeito será notificado e passará o prazo de 72h uteis para voltarmos a reunir os agentes para deliberar se entrarão em greve. Se ocorrer negociação nesse intervalo de tempo e as coisas fluírem como ocorreu em Taipu, poderá não haver greve, mas se a Prefeitura não atender as reivindicações da categoria, infelizmente a greve será deflagrada.

AGENTES DE TAIPU-RN DECIDEM SUSPENDER INDICATIVO DE GREVE

No dia 16/07 os agentes de Taipu-RN decidiram aprovar o indicativo de greve em assembleia convocada pelo SINDAS/RN. No mesmo dia o Prefeito solicitou a presença do sindicato para uma reunião e ficou de dar uma resposta por escrito a todos os pontos de pauta do edital de convocação da assembleia que aprovou o indicativo.
A categoria voltou a se reunir hoje para discutir a resposta apresentada pela Prefeitura, e depois de um longo debate, decidiu suspender o indicativo de greve provisoriamente, até que sejam cumpridos os pontos de pauta apresentados na resposta da Prefeitura, em especial o piso salarial, a entrega dos bloqueadores solar e labial e o restante dos fardamentos.

 
IMAGENS: CARLOS ALEXANDRE

15/07/14

REUNIÃO COM ACS E SECRETÁRIO DE SAÚDE DE PARAU RN




Sindas RN fez reunião nesta segunda feira na cidade de Parau RN , com os ACS e solicitou a implantação  da insalubridade de todos os agentes de saúde,  o oficio protocolado a dois meses solicitando quinquênio,  terço de férias, e licença premio serviu para todos os servidores , já que fazias vários anos que a Prefeitura não pagava a ninguém, e para evitar demanda judicial o Prefeito Antonio Peixoto decidiu que a solicitação do Sindas RN iria servir para todos os profissionais da saúde. E o Sindas RN fazendo historia.

SINDAS COM AGENDA LOTADA DE REUNIOES NO INTERIOR DO ESTADO.




SINDAS RN FEZ RENIÃO QUINTA FEIRA EM FLORÂNIA E PROTOCOLOU O OFICIO SOLICITANDO PAGAMENTO DO PISO SALARIAL DE IMEDIATO DE ACORDO COM A LEI 12.994 DE 17 DE JUNHO DE 2014.

14/07/14

PIS/PASEP COMEÇA SER PAFO DIA 15/07/2014, MAS ATENÇÃO AS REGRAS PARA O SERVIDOR PÚBLICO MUDAM UM POUCO, POIS NA MAIORIA SAI JUNTO COM PAGAMENTO

Para ter direito ao abono salarial o servidor deve ter recebido no ano de 2013 até R$ 1.356,00. Para receber o PASEP o trabalhador tem que ter trabalhado no mínimo 30 dias com carteira assinada no ano-base (2013) ou ser servidor público.
Lembramos que o decimo terceiro salário não entra como remuneração mensal, portanto não faz parte do cálculo do PIS.
É simples ter a noção de vai ou não receber o abono salarial do PIS Pasep, basta somar a remuneração recebida durante o ano e dividir pelos meses trabalhador, se não ultrapassar o equivalente a dois salários mínimos, o trabalhador terá direito ao abono.
O calendário de pagamento do abono está logo abaixo, mas vale salientar que em se tratando de servidor público que tem direito ao PASEP, o benefício entra antes desse calendário, por que a maioria das prefeituras tem o convenio com banco do brasil que permite a antecipação.
A diferença do PIS para o PASEP é quem informa a RAIS. Se for empregado de empresa privada é PIS e se for empregador de ente público é PASEP.
Muitos trabalhadores mesmo sendo servidores públicos ainda recebem pela caixa como PIS ou na boca do caixa ou tem o credito depositado direito na poupança, por que não foi possível migrar i PIS para PASEP.
Para saber se você terá direito ligue para 4004-0001, deixe passar a mensagem que pede o número da SUA conta e não digite nada, quando passar ao menu de nas opções selecione a opção 6(outras opções) e em seguida a opção 6(informações sobre PIS/PASEP). Pelo CPF, confirmação de data de nascimento e nome da mãe será informado se o servidor terá ou não direito ao abono. A atendente lhe dará a data de pagamento pelo calendário, mas ao final diga que é servidor público e que geralmente seu empregador repassa na folha de pagamento.

10/07/14

CONQUISTAS IMPORTANTES PARA OS AGENTES DE SAÚDE DE PARNAMIRIMRN

Na noite de ontem a Câmara de Vereadores de Parnamirim, votou dois projetos de lei de interesse dos agentes de saúde e anunciou a votação de um outro projeto proposto pelo SINDAS que irá beneficiar todos os agentes e demais servidores.
Os projetos foram negociados pelo SINDAS, inclusive, a redação do projeto de lei que transformou o vale alimentação em dinheiro e o projeto que proíbe o assédio moral no Município, foram elaborados por nós.  
A Lei que regulamenta o pagamento do piso salarial de R$ 1014,00 para os agentes é outra grande conquista, por que mesmo existindo a Lei Federal 12.9994/2014, muitos gestores sequer sinalizaram a data de pagamento do piso.
Já a lei de assédio moral proposta pelo SINDAS será votada segunda feira e, uma vez aprovada, dará poderes a Municipalidade de punir administrativamente e até exonerar os servidores assediadores, pois essa prática maldita tem adoecido dezenas de servidores que diariamente são gritados, humilhados e nada é feito por ausência de legislação específica.
Para os falastrões que ficam irritados com tanta conquista do SINDAS em Parnamirim e insistem em tentar confundir a categoria, com a história de que o piso já estava garantido e que o vale alimentação iria passar pra dinheiro de qualquer jeito eu vos digo: se piso salarial fosse automático por causa de previsão em Lei federal os professores não precisavam fazer greve todo ano, os prefeitos pagariam espontaneamente o piso dos agentes. Ademais, o auxilio em dinheiro é mais uma conquista do SINDAS, inclusive a elaboração da lei. Não adianta mentir pra categoria, por que mesmo que existam dois ou três agentes com baixíssimo discernimento e sem nenhum senso de verdade para acreditar em disse-me-disse, a verdade prevalecerá sempre.
OBRIGADO MEU DEUS POR MAIS ESSAS IMPORTANTES CONQUISTAS.

SINDAS VOTA INDICATIVO DE GREVE EM TAIPU-RN

Nos reunimos os agentes de Taipu semana passada para discutir a possibilidade de decretar greve no Município, por causa  da falta de condições de trabalho, não cumprimento do piso nacional, falta de fardamento e de protetor solar, entre outros pontos. Ontem a categoria se reunião em assembleia campal e deliberou por unanimidade pela aprovação do indicativo de greve.
Após protocolarmos o ofício dando a notícia ao Prefeito sobre o indicativo de greve, a equipe técnica do Prefeito se reuniu com ele e imediatamente oficializou um pedido de reunião com a categoria e o SINDAS. Como estavam todos na Prefeitura nos dirigimos até lá e aproveitamos para dar inicio as negociações que podem evitar a greve.
A reunião foi bastante positiva, pois obtivemos a garantia do Prefeito que no próximo mês será implantado o piso de R$ 1.014,00 para ACE e ACS, que quanto o município for certificado pelo PMAQ o rateio de incentivo também será feito aos agentes e que o fardamento será providenciado juntamente com protetor solar e labial.
O ponto mais positivo da reunião, foi o fato do Prefeito nos dar o aval de procurar ele pessoalmente, independente de formalidade. Ele receberá o sindicato sem nenhum problema assegurou o Prefeito. Entendemos como positiva a atitude do Prefeito, por que desde o ano passado enviamos pauta e pedidos de reuniões, mas nada foi marcado.

Tudo que foi dito pela prefeitura pedimos por escrito, e só depois de apresentada resposta reuniremos a categoria, para decidir sobre a suspensão do indicativo de greve ou se for o caso, decidir pela sua manutenção.